O nome disso é amor

Sabe aqueles dias em que não há nada pra fazer? O sol está forte, talvez o dia esteja belo, mas não consigo ir muito além do meu portão. Porque sei que do lado de fora não haverá você. Não vou encontrar seu sorriso e nem topar com você em uma esquina. Por isso prefiro ficar deitado com a luz apagada e a cortina cobrindo a luz. Pensando em você. Vejo uma fotografia, sei que isso vai fazer a dor no peito apertar, mas a vontade de te ver é maior do que qualquer outro sofrimento. Então vejo. Fito seu sorriso na foto. Como se a felicidade pudesse ser eterna ali. Sinto algo que não sei dizer. Não sei nem se é bom ou se é ruim, mas é algo que sinto quando penso em você e que só passa quando eu te vejo. A verdade é que minha vida agora está condicionada à sua, e tudo fica em escala de cinza sem você. Quero poder te abraçar sempre que der saudade. Quero te ligar a qualquer hora pra ouvir a sua voz. Quero ficar dois dias sem te ver só pra morrer de saudades e te amar mais ao te ver de novo. Quero escrever cartas e receber resposta. Quero dançar na chuva, viajar à Europa. Quero você do meu lado o tempo inteiro, seu cheiro, seu beijo, do seu jeito. Quero correr segurando sua mão. Ficar abraçado no seu portão até tarde da noite. Quero te amar sem saber do futuro, quero te amar sem condição nenhuma. Só quero ser feliz. E descobri que a felicidade tem o seu nome. E tudo isso que eu sinto e não sei explicar, que me faz pensar demais numa tarde de outono qualquer, não sei se quero acreditar, ou se quero ficar sem saber. Desconfio, e até com algum medo, que o nome disso é amor.

Pedro Araújo

Anúncios

2 comentários sobre “O nome disso é amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s