No seu jardim

Amanheceu.

Da varanda eu vejo o sol surgir por trás das pequenas casas, do infinito verde das árvores e do imenso gramado. O dia claro me faz pensar em você. E todo o resto das coisas exalam você: o sol nascendo, um beija-flor que beija uma flor à sombra, o orvalho nas plantas, tudo assim, suave. E isso me faz pensar no seu beijo, no seu cheiro. Me faz pensar que a vida inteira eu esperei por alguém que curasse o meu amor ferido. Alguém que fosse assim, simples, com esse ar de mistério que me fascina. Você me curou com seu beijo. Um beijo doce, voraz. Quase como se eu pudesse tocar o céu com os meus lábios ao sentir o teu gosto em minha boca. Vejo o sol limpando o escuro do céu e penso que você fez assim também, foi limpando com o teu riso o escuro que estava instaurado dentro de mim. Desde o primeiro momento eu soube que você é a pessoa que em toda a minha vida eu procurei. Como se você fosse uma peça escondida, secreta, do meu quebra-cabeça e que depois de te encontrar todo o resto fez sentido, se encaixou e deu significado ao que parecia não o ter. Uma chave mestra que abre todas as portas que eu havia trancado por medo. Com você eu não tenho medo de ser feliz. Não tenho medo de arrancar o coração do meu peito e depositá-lo devagar nas tuas mãos macias, enquanto eu estou deitado nas suas pernas, naquele banquinho do seu jardim, e você passa a mão no meu cabelo e sorri. É como se pudéssemos ser eternos naquele instante.

Acordo.

O pensamento me levou pra longe. Ainda estou sentado na minha varanda, o beija-flor já se foi, o sol já nasceu, o orvalho secou. Na minha mente ainda dura a imagem de você me olhando e sorrindo, com os olhos brilhando, enquanto eu estou deitado nas suas pernas. Minha vontade é te ligar e te confessar que por toda a minha vida eu esperei por você. Mas ainda é cedo. Deixa que a vida se encarregue de construir os nossos sonhos, deixe o amor se instaurar em seu coração com a minha imagem. Deixe o desejo te fazer sentir falta do meu beijo, das minhas mãos, do meu sorriso. Meu coração já está feliz só de ter te encontrado. E agora é tudo mais simples que você está na minha vida. Venha comigo. Veja que eu sou o que você sempre procurou. Não tenha medo do futuro, nada pode nos atingir enquanto eu estiver deitado em suas pernas, naquele banco no seu jardim.

Pedro Araújo

Anúncios

2 comentários sobre “No seu jardim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s