Horizonte da infância

A rua passa depressa
As rodas das bicicletas das crianças rodam as horas do dia
Devagar
O menino pedala sem rumo
Sempre em frente
Onde chegará o menino?
Em casa para o café
Corre o horizonte, o menino
Puxando o sol atrás de si
Descendo lentamente
As rodas da bicicleta rodam as horas
Devagar
De vagar

Pedro Araújo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s