Não desista de mim

Não desista de mim antes de tentar. Porque eu sei que aqui dentro eu tenho tanta coisa boa, tanta coisa bonita pra te oferecer, e sei que você deve ter tanto pra mim também…
Com todas as expressões que meu corpo conseguirem emanar, meus braços, abraços, beijos e olhares, eu quero te falar que eu preciso estar ao seu lado, porque com você o tempo passa devagar, como se o amor fosse se revelando bem lentamente, deixando cair o véu do medo que envolve os nossos corações.
O que eu quero, na verdade, pedir pra você, é que não te desvies do meu olhar. Não desista do que há entre nós dois antes de tentar. É difícil, eu sei, você provavelmente vai me dizer que é complicado e que é melhor deixar assim, como se a gente não soubesse, como se a gente disfarçasse que os nossos olhares brilham ao se encontrar.
Vem comigo, podemos caminhar no parque, tomar sorvete e ouvir música, sentar no gramado com um violão pra embalar a nossa alma e ficar junto, não junto como duas pessoas que estão no mesmo lugar, mas ficar junto de uma maneira que nossas almas estejam conectadas. Porque eu percebi que a vida inteira eu procurei por alguém que entendesse a minha alma da maneira que você parece entender, e agora tudo o que eu mais quero é estar com você e me entregar nesse sonho que é ter você. Vamos tentar, por mim, por você, por nós dois. Vem que eu já vivi muito tempo longe de você. Vem, que eu não aguento mais disfarçar meu olhar.

Pedro Araújo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s